Como funciona as sessões do PHP

Poucas pessoas sabem como funcionam as sessões do php, eu mesmo até pouco tempo atrás não sabia como ele trabalhava. As coisas funcionavam quase como mágica era só dar um session_start(). No começo do arquivo PHP e usar o variável global $_SESSION que a informação trafegava de página em página dentro da minha aplicação, ela estava lá a qualquer hora ou lugar, só saia quando eu fechava o meu navegador ou depois de um tempo sem mexer com o sistema.

Para começar acho importante falar que quando navegamos usando o navegador usamos o protocolo HTTP e este protocolo é stateless(ele não guarda estado) mas o que quer dizer não guarda estado, explicando de uma forma descomplicada o protocolo HTTP trata cada requisição(abertura de página) como unique. Então você acessa um site, requisita os textos e imagens do mesmo e o protocolo faz a transferência dessas informações mas ele não as armazena. Então a cada requisição as informações todas elas são solicitadas de novo.

Mas como as $_SESSION do PHP trafegam por todo a minha aplicação se elas são apagadas a cada requisição. Bom o que o PHP faz nada mais é do que uma gambiarra, na verdade muitas linguagens fazem isso mas vamos ao que interessa. Para o PHP fazer isso ele se utiliza de cookies, isso mesmo cookie, a sua sessão nada mais é do que um cookie.

Mas vamos com calma não estou falando que é da mesma forma que variável global $_COOKIE, até mesmo porque se você tentar usar essa variável para pegar as informações de uma variável $_SESSION não vai funcionar. O PHP faz isso da seguinte forma ele criar um arquivo no HD do seu servidor dentro de uma pasta temporária, um arquivo parecido com

sess_0cc175b9c0f1b6a831c399e269772661

É neste arquivo que ficam todas informações presentes na variável global $_SESSION. Você pode até ver essas informações dentro do arquivo, indo do no seu php.ini e achando a pasta temporária que ele usa, elas não estão criptografadas e podem ser lidas normalmente.

E ao mesmo tempo ele cria um cookie(por padrão com o nome PHPSESSID) a onde o valor desse cookie é “0cc175b9c0f1b6a831c399e269772661” o mesmo nome do arquivo só que sem o prefixo “sess_” então quando você dá um session_start() ele acessa o seu cookie para saber o nome do arquivo e vai nutrir a variável global *$_SESSION com os valores presentes nesse arquivo.

Dessa forma ele consegue guardar as informações mesmo trabalhando com inúmeras requisições. Agora você sabe a mágica das variáveis de sessão funciona no PHP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.